22.03.2018 | 07h12

Zuckerberg fala: Facebook vai melhorar segurança

A crise do Facebook é manchete dos principais jornais do mundo. O fundador da companhia e seu executivo chefe, Mark Zuckerberg, quebrou o silêncio que mantinha desde a explosão do escândalo envolvendo a empresa Cambridge Analytica. Fez uma nota publicada em seu perfil no Facebook em que reconhece falhas e afirma que a rede social vai aprimorar suas ferramentas de segurança.

Depois da declaração, Zuckerberg fez uma rodada de entrevistas. À CNN, pediu desculpas e disse que o novo mecanismo permitirá aos usuários saber se seus dados foram usados.


Mais conteúdo sobre:

Facebookcambridge analytica
VOLTAR PARA O ESTADÃO