01.01.2019 | 11h11

Zema: Primeira medida será cortar na carne

Romeu Zema assumiu o governo de Minas Gerais diante de uma crise financeira muito grave, com atrasos de pagamento a servidores. Não oficial à toa que o tom do seu discurso de posse enfatizou a austeridade e a necessidade de redução de despesas.

“A primeira atitude a ser tomada é reduzir despesas, cortando na carne”, afirmou o governador mineiro. /M.M.

 


VOLTAR PARA O ESTADÃO