23.03.2018 | 13h01

Xadrez eleitoral deve ajudar o DEM a manter Educação

O governo deve topar manter o Ministério da Educação sob o controle do DEM, mesmo com Rodrigo Maia falando em pública que sua pré-candidatura não defenderá o legado de Michel Temer. A pasta hoje é comandada por Mendonça Filho, que deixará o cargo para concorrer a algum mandato em Pernambuco.

A razão da opção do governo é simples: o DEM de Pernambuco, terra de Mendonça, vai se aliar ao MDB na eleição local. Os dois partidos também estarão juntos na Bahia, Estado de ACM Neto, presidente nacional do DEM. Enfraquecer esse relacionamento é algo que o Planalto não pretende fazer. /M.M.


Mais conteúdo sobre:

Ministério da EducaçãoDEMMDB
VOLTAR PARA O ESTADÃO