22.05.2018 | 15h47

Wesley com pressa para pagar a conta

Assim como o irmão Joesley, Wesley Batista tem pressa para pagar os R$ 110 milhões em multa combinada em seu acordo de delação premiada, informa o Blog do Fausto. A defesa de Wesley pediu que o ministro do STF Edson Fachin determine a abertura de uma conta judicial para o depósito.

A pressa se justifica pela possibilidade de os acordos de delação serem rescindidos. A procuradora-geral da República já pediu a rescisão e aguarda a homologação, que deve ser feita por Fachin.


Notícias relacionadas

Mais conteúdo sobre:

joesley batistawesley batistaJBS
VOLTAR PARA O ESTADÃO