15.05.2019 | 15h59

Weintraub critica produção científica de Humanidades

Em audiência na Câmara dos Deputados nesta quarta-feira, 15, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, reiterou que a produção científica da área de ciências humanas no País gera “pouquíssimas” publicações com impacto científico. “No Brasil, a pesquisa científica está baseada principalmente em ciências da saúde, ciências exatas, ciências biológicas, engenharia e agricultura. As ciências sociais aplicadas, humanidades e linguística, geram pouquíssimas publicações com impacto científico. Elas não são replicadas ou citadas. São feitas e engavetadas”, afirmou.

O ministro continuou sua fala diante dos parlamentares afirmando que as bolsas para educação superior estão “justamente nas áreas que não geram produção científica”, e questionou se não valeria a pena, portanto, transferir os recursos para outras áreas. “Quem produz, recebe, quem não produz, não recebe”.


VOLTAR PARA O ESTADÃO