16.09.2018 | 09h58

Voto anti-PT

PT e PSDB polarizaram a política nacional durante um quarto de século, mas em 2018, a hegemonia de petistas e tucanos foi quebrada pela presença do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) na eleição, relata o Estadão. O ex-capitão do Exército é o responsável por tirar do PSDB o domínio do voto anti-PT.

Segundo o Ibope, entre os antipetistas, o deputado e militar da reserva tem 53% das preferências – é o dobro de sua média nacional. Já Alckmin, com apenas 9%, fica em um distante segundo lugar. Sem recuperar parte significativa desse eleitorado, dificilmente o tucano conseguirá chegar ao segundo turno.


Mais conteúdo sobre:

antipetismoPTPSDBPSL
VOLTAR PARA O ESTADÃO