10.04.2018 | 13h01

Volta daqui a duas semanas

Ex-presidente do PSDB, o senador Tasso Jereissati acha que é cedo para medir o impacto eleitoral da prisão de Lula. O tucano avalia que é preciso esperar duas semanas para medir os efeitos da prisão.

“Se eles continuarem se vitimizando, talvez consigam apoio popular. Mas tiver quebra-quebra ou violência de algum tipo, aí será um desastre para eles”, disse ao BR18. /M.M.


Mais conteúdo sobre:

tasso jereissatiPSDBprisão de Lula
VOLTAR PARA O ESTADÃO