17.11.2018 | 09h36

Viviane Senna em diálogo com eleito

A presidente do Instituto Ayrton Senna, Viviane Senna, viu seu nome surgir entre os cotados para assumir o ministério da Educação do governo Jair Bolsonaro, mas nega ter recebido convite. Em entrevista ao Estadão ela fala sobre como têm sido as conversas com o presidente eleito.

Viviane afirma ver no novo governo disposição para ouvir propostas e, ao falar sobre uma das principais ideias de Bolsonaro para a educação, o Escola sem Partido, propõe a substituição da “pauta que não impacta a aprendizagem por uma que impacta”.


VOLTAR PARA O ESTADÃO