06.09.2018 | 19h22

Vitima de atentado em 2016, governador de Goiás pede paz

Dois anos atrás, durante a campanha municipal o candidato a prefeito de Itumbiara Zé Gomes da Rocha dois atacado a tiros. Zé Gomes foi morto e o então vice-governador de Goiás, José Eliton, foi baleado no abdômen mas sobreviveu. Dois anos depois, João como governador e candidato à reeleição, o governador presta solidariedade a Jair Bolsonaro e pede paz.

“Há dois anos fui alvo também de um atentado político, em Itumbiara, fatal para nosso querido e saudoso prefeito José Gomes e para o policial militar Vanilson. Sei muito bem o que é ser vítima de uma violência como essa, seja qual for a motivação do agressor, e o efeito de suas consequências. O Brasil precisa de paz, de unidade para superar dificuldades e vencer desafios. Não podemos tolerar radicalismo, ódio, violência e agressões físicas ou verbais. É preciso respeitar diferenças de opinião e de pensamentos para que a democracia se fortaleça cada vez mais no País”, disse. /M.M.

 


Mais conteúdo sobre:

Ataque a bolsonaroJosé Eliton
VOLTAR PARA O ESTADÃO