28.08.2018 | 17h59

‘Vínculo monetário mina credibilidade’

Em artigo publicado na Folha nesta terça-feira, 28, o economista e mestre em filosofia Joel Pinheiro da Fonseca aborda o caso da contratação de ativistas digitais por políticos ligados ao PT, para promover de forma dissimulada o partido e suas causas nas redes sociais. Segundo ele, o vínculo monetário mina a credibilidade dos formadores de opinião.

“O sonho da internet como um espaço aberto para o cidadão autônomo expressar sua opinião, enriquecer o debate público e aprender no processo revelou-se ingênuo”, afirma. “Jamais chegaremos ao ideal do espaço público democrático e honesto. O que podemos fazer é combater as práticas que buscam pervertê-lo intencionalmente, minando a confiança que podemos ter uns nos outros.” / J.F.


VOLTAR PARA O ESTADÃO