24.11.2018 | 13h30

‘Venezuelano não é mercadoria’

O presidente Jair Bolsonaro tirou o cavalinho de quem achava que ele mandaria embora os imigrantes que fogem do governo de Nicolás Maduro, na Venezuela. Em evento da Comando da Brigada Paraquedista, Bolsonaro disse que “venezuelano não é mercadoria para ser devolvido”, ao ser questionado sobre a possibilidade levantada pelo futuro governador de Roraira, Antonio Denarium (PSL) de criar um programa de “devolução” dos imigrantes.


VOLTAR PARA O ESTADÃO