27.02.2019 | 17h18

‘Venezuela no Comitê de Direitos Humanos da ONU é escárnio’

O juiz Marcelo Bretas criticou o fato de a Venezuela ainda fazer parte da lista de países que integram o Comitê de Direitos Humanos da ONU, apesar de todas as violações que o governo tem cometido, segundo sua avaliação.

“A Venezuela figurar como membro do Comitê de Direitos Humanos da ONU chega a ser um escárnio, ante o desprezo às necessidades de seu próprio povo e da forma violenta com que trata os seus civis. Está em xeque a legitimidade do Sistema Mundial de Proteção aos Direitos Humanos”, disse Bretas. /M.M.


Mais conteúdo sobre:

Marcelo BretasVenezuela
VOLTAR PARA O ESTADÃO