20.10.2018 | 13h26

Venezuela, Irã e Hezbollah de olho nas eleições

A segurança de Bolsonaro e as eleições brasileiras levaram o deputado republicano Dana Rohrabacher a entrar em contato com o Departamento de Estado americano. Segundo a coluna Radar, da Veja, Rohrabacher escreveu uma carta ao secretário Mike Pompeo, mencionando o atentado a faca sofrido por Bolsonaro e pedindo ajuda do governo dos EUA para que as eleições no Brasil sejam livres e seguras.

Rohrabacher, que foi assessor e redator de discursos de Ronald Reagan, diz ter sido alertado que grupos da Venezuela, do Irã e do Hezbollah estão com especial interesse nas eleições brasileiras. Ele é ligado no Brasil ao empresário Mario Garnero, do grupo Brasilinvest, que vem apoiando a candidatura de Bolsonaro desde o início. / J.F.


VOLTAR PARA O ESTADÃO