27.07.2018 | 17h18

VPR contesta ‘falta de transparência’ do Facebook

O Vem Pra Rua, um dos movimentos que lideraram as manifestações pelo impeachment de Dilma em 2015 e 2016, divulgou uma nota oficial em que contesta a ‘falta de transparência’ do Facebook ao excluir cerca de 300 contas do site, incluindo diversas páginas ligadas ao MBL, que também foi um dos líderes dos protestos naquela época.


“Ao não divulgar quais usuários e notícias publicadas provocaram medida tão radical, o Facebook coloca em dúvida sua transparência e imparcialidade e dá margem ao entendimento de que há censura”, diz a nota, publicada na página do VPR no Twitter. “O Vem Pra Rua não compactua com notícias e perfis falsos como também não está de acordo com qualquer tipo de censura, mesmo em ambiente privado, por entender que estamos em um país democrático, com liberdade de expressão, pensamento e manifestação garantidos pela Constituição Brasileira.” /J.F.

VOLTAR PARA O ESTADÃO