23.11.2018 | 17h29

Vélez defenderá ‘valores caros à sociedade’

O “Don Quixote” do Ministério da Educação, Ricardo Vélez-Rodríguez, reforçou seus planos para a pasta: “Pretendo colocar a gestão da Educação e a elaboração de normas no contexto da preservação de valores caros à sociedade brasileira, que, na sua essência, é conservadora e avessa a experiências que pretendem passar por cima de de valores tradicionais ligados à preservação da família e da moral humanista”, disse.

“Não à instrumentalização da educação com finalidade político-partidária. Sim a uma educação que olha para as pessoas, preservando os seus valores e a sua liberdade”, afirmou. Confira a íntegra da carta no Estadão.


VOLTAR PARA O ESTADÃO