09.11.2018 | 08h58

‘Vantagens imediatas’

“O presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, pede prioridade para aprovação do projeto de lei complementar que garante autonomia operacional para o Banco Central”, escreveu Celso Ming no Estadão.

O colunista lembra que a autonomia do BC faz parte do programa de governo do presidente eleito. E que a medida traria vantagens imediatas como a redução mais rápida dos juros, por exemplo.


VOLTAR PARA O ESTADÃO