05.07.2018 | 12h14

Vamos para os pênaltis?

Se depender do Brasil, vamos decidir a economia depois da prorrogação. Só mesmo nos pênaltis, escreve Vinicius Torres Freire na Folha. Os efeitos da greve dos caminhoneiros na indústria e no comércio não serão revertidos com tanta facilidade, e o emprego também não dá sinais de melhora.

“O país está dando moleza para novo desastre. Já mostrou que é capaz disso, a vez mais recente sendo o paradão de maio. Talvez possamos escapar, mas vai ser nos pênaltis”, avalia o colunista.


VOLTAR PARA O ESTADÃO