16.02.2019 | 18h41

Vai sobrar também para o ministro do Turismo?

Nas revelações sobre o suposto mal uso do fundo partidário por integrantes do PSL, o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, também já foi citado, como revelou reportagem da Folha. O ministro nega que tenha cometido irregularidades. A iminente demissão de Gustavo Bebianno pode trazer Marcelo Álvaro para o centro das atenções.

Afinal, a briga de Bebianno com o presidente Jair Bolsonaro e seu filho Carlos Bolsonaro começou por causa das explicações que o ministro passou a dar para negar que tivesse participado de irregularidades no uso do fundo para supostamente favorecer candidatos laranjas do PSL, quando presidia o partido. O ministro nega ter cometido algo ilegal. Mas o assunto traz a questão do ministro do Turismo de volta para os holofotes. /M.M.


VOLTAR PARA O ESTADÃO