12.03.2019 | 21h33

Urgência para nova lei das licitações

As mudanças na lei das licitações será apreciada com urgência na Câmara dos Deputados. Na noite desta terça-feira, 12, o plenário da Casa aprovou a urgência para votar o projeto que irá debater alterações como a criação de modelos de contratação, a exigência de seguro-garantia para grandes obras, pena maior para quem fraudar licitações e aumento do valor para que uma licitação possa ser dispensada.  A proposta deve ser votada nas próximas sessões. Segundo o líder do Solidariedade, Augusto Coutinho (PE), que conduziu a formatação final do texto, a ideia é resolver o emaranhado que são as normas licitatórias no Brasil.


Mais conteúdo sobre:

lei das licitações
VOLTAR PARA O ESTADÃO