07.03.2019 | 12h40

Uma vez baixo clero, sempre baixo clero

“Bolsonaro saiu do baixo clero, mas o baixo clero não sai dele. Ele se mostra incapaz, inconsequente e, pior, desequilibrado. Começo a achar que será um milagre que ele termine o mandato. E eu não acredito em milagres”, escreveu a colunista Mariliz Pereira Jorge em artigo na Folha.

A colunista indica que nos dois primeiros meses de governo, o presidente conseguiu incomodar e apavorar parte do eleitorado que depositou nele as esperanças de mudar o País. Este eleitor tem visto que os dois principais ministros do governo têm seu poder menor do que hashtag no Twitter.


VOLTAR PARA O ESTADÃO