09.09.2018 | 14h37

Uma campanha congelada

O ataque contra Jair Bolsonaro provocou um complicadíssimo efeito colateral na campanha presidencial. Praticamente, não se discute mais nenhum dos temas que deveriam estar sendo abordados no debate envolvendo a escolha do próximo presidente.

Sem duvida, é preciso investigar a fundo o que aconteceu com Bolsonaro e condenar o inaceitável ataque contra um candidato. Mas o processo eleitoral precisa também manter a discussão de questões centrais para o futuro do País. Ou alguém se esqueceu que o Brasil continua esperando por propostas que ajudem a reduzir os gigantescos números do desemprego, ou que tratem do necessário ajuste fiscal, ou apontem para melhora na Educação, Saúde e Segurança Pública, por exemplo. /M.M.


Mais conteúdo sobre:

Jair Bolsonaro
VOLTAR PARA O ESTADÃO