07.10.2018 | 23h10

Um Senado ‘baixo clero’

O extermínio de caciques políticos de Norte a Sul, da esquerda à direita na renovação de dois terços do Senado muda completamente a composição da Casa. Dos principais líderes, poucos conseguiram se reeleger, Renan Calheiros (MDB-AL), Ciro Nogueira (PP-PI) e Jader Barbalho (MDB-PA) são dos poucos sobreviventes. A eles se somam poucos veteranos que retornam, como Jarbas Vasconcelos (MDB) e Eduardo Braga (MDB-AM).

De resto, pululam pelo País senadores recém-eleitos que são do baixo clero. Nomes desconhecidos nacionalmente se somam a deputados federais que ascendem ao Salão Azul da Casa vizinha, mudando a correlação de forças na Casa. / Vera Magalhães


VOLTAR PARA O ESTADÃO