05.04.2018 | 06h44

Um pra lá, uma pra cá, mesmo placar

O placar desta quarta-feira, de 6 x 5 contra o habeas corpus de Lula, é o mesmo de 2016 a favor da prisão após condenação em segunda instância. Só dois ministros mudaram de “lado”: Gilmar Mendes, que votara a favor da execução provisória da pena, agora votou pela concessão do HC.

E Rosa Weber, que votara pela prisão só após o trânsito em julgado, negou o HC. Os resumos das opiniões antes e agora estão numa reportagem do Estadão.


VOLTAR PARA O ESTADÃO