07.10.2018 | 19h15

Um novo retrato político do Brasil

As urnas ainda podem trazer grandes surpresas, mas já se pode dizer, sem medo de errar, que as urnas revelarão um novo retrato político do Brasil. Será um País com características bem diferentes das que predominaram desde a redemocratização, ancoradas na social-democracia representada, em maior ou menor grau, pelo PT, pelo PSDB e pelo MDB.

Além da carona que os correligionários de Jair Bolsonaro deverão pegar em seu bonde, outras forças de direita e de centro-direita, como o Partido Novo, o velho DEM — que Lula certa vez imaginou “extirpar” da vida nacional — e até as siglas ligadas a grupos evangélicos deverão ocupar espaços até agora reservados à esquerda e à centro-esquerda. / José Fucs

 


VOLTAR PARA O ESTADÃO