02.10.2018 | 23h20

Um festival de indiretas. Mas alguém entende?

Os candidatos ao governo de São Paulo usaram e abusaram das indiretas para criticar os adversários durante o debate da Globo. O problema é que será que o eleitor entende esses misteriosos ataques?

Um exemplo: logo no início do debate, Marcelo Cândido (PDT) tentou surfar numa fala polêmica de João Doria sobre o combate da polícia contra criminosos. Mas, sem citar o nome do tucano, a crítica passou batida. /M.M.


Mais conteúdo sobre:

Debatedaglobo
VOLTAR PARA O ESTADÃO