28.10.2018 | 07h21

Um 2º turno duro para os tucanos

No primeiro turno, os tucanos ficaram longe na corrida presidencial, viram sua bancada no Congresso minguar e não conquistaram de cara nenhum governo estadual. A esperança de salvar a pátria estava no fato que seis candidatos do PSDB tinham chegado ao segundo turno na disputa pelos governos.

Mas apenas o gaúcho Eduardo Leite parece ter o caminho tranquilo neste domingo, já que lidera com vantagem a eleição no Rio Grande do Sul. João Doria (SP) e Reinaldo Azambuja (MS) estão em situação de empate técnico. José Anchieta está atrás, mas ensaia uma reação em Roraima. Antônio Anastasia (MG) e Expedito Júnior (RO), segundo a pesquisa Ibope, estão praticamente dependendo de  um milagre para não perderem. /M.M.


VOLTAR PARA O ESTADÃO