14.04.2018 | 16h48

Último no MDB do Rio apague a luz

O encolhimento do MDB na janela partidária foi ainda mais radical no Rio de Janeiro. Com os principais caciques do partido atrás das grades –caso de Sérgio Cabral e Eduardo Cunha– ou debandando, como Eduardo Paes, os deputados procuraram abrigo menos arriscado.

A má fase da legenda levou 5 dos 8 deputados que o partido tinha no Estado. Em tempo: o MDB tem, além do governo federal, o do Estado do Rio, mas nem isso segurou a tropa.


VOLTAR PARA O ESTADÃO