13.10.2018 | 16h03

TSE quer saber quem fez vídeo com ministros do STF

O TSE quer a apuração para identificar os responsáveis por um vídeo que circula nas redes sociais em que quatro ministros do Supremo Tribunal Federal aparecem associados a políticos investigados da Lava Jato. O ministro Carlos Horbach atendeu pedido do MPE e determinou que o Google apresente em 48 horas dados sobre os responsáveis pelos vídeos atribuídos à campanha do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL).

Horbach também determinou que o WhatsApp bloqueie o encaminhamento sucessivo do material pelo aplicativo.Na última sexta, 12, Horbach atendeu pedido da defesa do próprio Bolsonaro para retirar do ar os vídeos. A campanha do deputado nega a autoria do material.  O deputado eleito pelo PSL de São Paulo Frederico D’Ávila apagou duas postagens em que divulgava o vídeo em seu Instagram.


Mais conteúdo sobre:

TSESTFJair Bolsonaro
VOLTAR PARA O ESTADÃO