09.09.2018 | 16h12

TSE perde a paciência com o PT (2)

A gota d’água do TSE contra o PT aconteceu ontem. Na ocasiã, o PT foi mais uma vez punido pelo TSE por apresentar propaganda eleitoral ilegal a favor de Lula. A decisão do sábado foi tomada pelo ministro Luis Felipe Salomão, que proibiu a exibição da propaganda, sob pena de o PT ter de pagar R$ 800 mil em caso de reincidência. O pedido para barrar o comercial tinha sido feito pela coligação do candidato Jair Bolsonaro.

Segundo a análise do TSE, o comercial deixou claro que se tratava de campanha de Lula, o que foi considerado “uma inegável afronta”, ao que foi deliberado pelo tribunal, que barrara o registro da sua candidatura. Na peça, apoiadores do ex-presidente apareciam com uma máscara com o seu rosto e afirmavam: “Eu sou Lula”. Até Fernando Haddad participou do anúncio, dizendo que “não  adianta impedir que Lula ande pelo País, porque somos milhões de Lula”./M.M.

 


Mais conteúdo sobre:

TSE
VOLTAR PARA O ESTADÃO