07.02.2019 | 19h14

TRE-SP nega embargos e vereador perde mandato em SP

O TRE-SP rejeitou na tarde desta quinta-feira, 7, os embargos de declaração da defesa de Camilo Cristófaro contra a cassação de seu mandato como vereador em São Paulo. Segundo o Blog do Fausto, o parlamentar é acusado de captação ilícita de recursos financeiros durante as eleições de 2016. Ele teria recebido R$ 6 mil de uma pensionista do INSS que teria movimentado R$ 1,4 milhão durante a campanha eleitoral. Com a decisão, a perda de mandato deve ser cumprida.


Mais conteúdo sobre:

Camilo Cristo
VOLTAR PARA O ESTADÃO