20.11.2018 | 18h31

Tratamento bucal contra mortalidade

O futuro ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, deu sua versão sobre como o tratamento bucal de grávidas pode erradicar a mortalidade infantil. Na fase de campanha, o então candidato Jair Bolsonaro replicou esse entendimento em entrevista ao Roda Viva.

“Tem várias publicações científicas que (mostram que) diminuindo os processos inflamatórios, crônicos na mãe, você diminui o risco de prematuridade. Um dos protocolos é exatamente fazer o diagnóstico na gestação. Você já passa pela prevenção da saúde bucal, da gengivite, da cárie, do canal”, disse.


VOLTAR PARA O ESTADÃO