15.02.2019 | 11h08

Transição ‘negociável’?

Da proposta de reforma da Previdência anunciada pelo governo, o tempo de transição de 12 anos para a implementação das mudanças pode ser alterado, segundo prevê o Valor. No projeto do ex-presidente Michel Temer, esse período era de 20 anos.

Com a transição mais acelerada, o ministro Paulo Guedes (Economia) mostrou força em relação ao ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, que defendia uma transição mais suave.


Mais conteúdo sobre:

previdência
VOLTAR PARA O ESTADÃO