09.11.2018 | 13h14

Trágico papel de fake news em Mianmar

Discursos de ódio e notícias falsas divulgadas no Facebook desempenharam um papel fatal em Mianmar, segundo conclui um relatório da própria empresa, informa a Folha. Cerca de 25 mil pessoas foram mortas desde meados de 2017 em conflito humanitário no país.

“Há indicativos que grupos organizados usaram diversos perfis falsos e páginas para espalhar discurso de ódio, fake news e desinformação para ganho político. Rumores divulgados pela mídia social foram associados com a violência comunitária e atos de linchamento coletivo”, diz o Facebook.


Mais conteúdo sobre:

FacebookMianmar
VOLTAR PARA O ESTADÃO