12.01.2019 | 12h45

Toma lá, dá cá no Rio?

Durou apenas 11 dias a passagem de André Cáffaro Andrade pelo comando do sistema carcerário do Rio de Janeiro. Segundo informa O Globo, o governador Wilson Witzel exonerou Andrade por telefone e o substituiu pelo coronel da PM Alexandre Azevedo de Jesus, que cuidava do departamento geral de ações socioeducativas desde 2009.

Witzel teria decidido pela troca para garantir uma composição política mais favorável ao seu governo dentro da Assembleia Legislativa estadual, segundo informa a reportagem.


Mais conteúdo sobre:

Wilson Witzel
VOLTAR PARA O ESTADÃO