10.11.2018 | 09h12

‘Toma lá, dá cá’ entre Witzel e o PSL?

Apesar de Wilson Witzel ter dito que não haveria “indicações políticos” em seu governo, fontes do jornal O Globo dizem que o PSL de Jair Bolsonaro terá lugar assegurado no primeiro escalão do governo do Rio em troca de apoio na Alerj. O empresário e ex-árbitro de futebol Gutemberg de Paula Fonseca seria indicado como secretário de Governo, de acordo com a reportagem.


O vereador Carlos Bolsonaro, filho do presidente eleito, foi ao Twitter afirmar que ” qualquer atitude tomada pela bancada de deputados estaduais eleita pelo PSL no RJ não possui nenhuma influência” dele, do deputado Eduardo Bolsonaro, nem mesmo de Jair Bolsonaro.

VOLTAR PARA O ESTADÃO