02.07.2018 | 21h51

Toffoli limpa a barra de Dirceu

Dias Toffoli derrubou na noite desta segunda-feira, 2, a decisão do juiz Sergio Moro que obrigava José Dirceu a usar uma tornozeleira eletrônica. O ministro do STF, que é ex-assessor do petista, foi além: cassou todas as medidas impostas pelo juiz da 13ª Vara Federal, incluindo a obrigação de entregar o passaporte e a proibição de conversar com outros investigados, de acordo com o Blog do Fausto.

Para Toffoli, Moro agiu “em decisão com extravasamento de suas competências” e “à míngua de qualquer autorização” do Supremo Tribunal Federal, que “em nenhum momento restabeleceu a prisão provisória, tratando-se de prisão-pena, a qual foi suspensa para assegurar a liberdade plena”. Dirceu teria até esta terça-feira para se apresentar à Justiça e vestir a tornozeleira. Ele percorreu todo o caminho entre Brasília e Curitiba de carro.


VOLTAR PARA O ESTADÃO