10.01.2019 | 06h20

Toffoli libera voto secreto no Senado

Vitória de Renan Calheiros no STF. O presidente da Corte, Dias Toffoli, decidiu na noite da última quarta-feira, 9, derrubar decisão monocrática do ministro Marco Aurélio Mello que obrigava a eleição para presidente do Senado ser aberta. Toffoli argumentou que “inexiste necessidade de controle externo sobre a forma de votação adotada para sua formação”. Com isso o senador do MDB tem a vida “facilitada” em sua empreitada para ser reconduzido à presidência da Casa.


Mais conteúdo sobre:

Dias Toffoli Renan Calheiros senado STF
VOLTAR PARA O ESTADÃO