27.02.2019 | 12h33

TJ-SP tranca ação contra Haddad

A  12ª Câmara do Tribunal de Justiça de São Paulo determinou o trancamento de ação penal que acusava Fernando Haddad da prática de corrupção e lavagem de dinheiro. A acusação derivou da delação premiada do empreiteiro Ricardo Pessoa, da UTC, segundo a qual a empresa teria pago, por meio de caixa dois, despesas da campanha de Haddad à prefeitura de São Paulo em 2012.

Segundo o voto do relator, desembargador Vico Mañas, a denúncia não esclarece qual a vantagem pretendida pelo empreiteiro, uma vez que os interesses da UTC foram contrariados pela gestão municipal, que chegou a cancelar um contrato já assinado com a empresa. / V.M.


VOLTAR PARA O ESTADÃO