13.04.2018 | 15h09

The Economist avalia o pós-prisão de Lula

A revista britânica The Economist fez um balanço do cenário eleitoral brasileiro após a prisão do ex-presidente Lula. O texto, que sai na edição do fim de semana da revista, avalia que a ausência do petista nas urnas não beneficia Jair Bolsonaro (PSL), por tornar a eleição menos polarizada, adianta o Broadcast. Quem pode sair ganhando é Joaquim Barbosa (PSB) ou ainda Ciro Gomes (PDT), se Lula o apoiar.

Geraldo Alckmin também se beneficia, segundo a publicação, com a necessidade de alianças partidárias para tempo de TV e coalização no Congresso.


VOLTAR PARA O ESTADÃO