05.02.2019 | 08h40

Tesourada de Doria

Assim como ocorre no início de várias gestões de chefes do Executivo, o governador João Doria (PSDB) já dispensou 301 funcionários da administração pública, informa a Coluna do Estadão. Prodesp (processamento de dados) e a Imprensa Oficial encabeçam a lista das maiores exonerações, com 102 cargos.

Nos primeiros seis dias à frente da Prefeitura de São Paulo, em 2017, o tucano dispensara 590 funcionários empregados sem concurso público na gestão Fernando Haddad (PT).


Mais conteúdo sobre:

João Doria
VOLTAR PARA O ESTADÃO