08.11.2018 | 14h27

Tereza Cristina já dá explicações

Mal foi indicada como ministra da Agricultura, Tereza Cristina teve que explicar o fato de ter seu nome citado na lista de doações ilegais da JBS e de uma parceria comercial de sua família com o grupo empresarial no ramo de confinamento de gado, informa o Estadão.

“A minha família arrendou (a terra) para um confinamento da JBS, que tem uma propriedade ao lado, isso há anos (…) Eu não tive doação direta da JBS, foi por via de dois parlamentares estaduais e eu era candidata a federal. As doações foram legais, tenho tranquilidade”, respondeu nesta manhã de quinta, 8.


VOLTAR PARA O ESTADÃO