01.11.2018 | 11h33

‘Terei de abandonar 22 anos de magistratura’

O juiz Sérgio Moro afirmou em nota divulgada nesta manhã de quinta, 1, que aceitou o convite para ser ministro da Justiça e da Segurança Pública sob “a perspectiva de implementar uma forte agenda anticorrupção e anticrime organizado, com respeito à Constituição, à lei e aos direitos, levaram-me a tomar esta decisão”. O magistrado diz que toma a decisão “com certo pesar pois terei que abandonar 22 anos de magistratura”. Leia nota completa aqui.

 


VOLTAR PARA O ESTADÃO