10.09.2018 | 10h50

Teorias da conspiração por todos os lados

“A batalha simbólica em torno da tentativa de assassinar Jair Bolsonaro escancara uma mudança notável na arena política brasileira. A esquerda perdeu o monopólio das narrativas conspiratórias”, escreveu o colunista Vinicius Mota na Folha.
O articulista aponta que com o ataque a Bolsonaro, surge outra corrente que denuncia complôs e questiona legitimidade e cria teorias da conspiração. Os alvos principais são os adversários políticos, a imprensa e o Supremo Tribunal Federal (STF).


VOLTAR PARA O ESTADÃO