20.07.2018 | 21h56

Tempo de TV como salvação da lavoura?

A busca desenfreada dos pré-candidatos por maior tempo no horário eleitoral de TV e rádio, por meio de coligações, pode não resultar em aumento da preferência do eleitor. Além de as campanhas estarem com tempo reduzido, de 45 para 35 dias, a audiência desses programas desaba com a chegada das propagandas. Veja análise de Daniel Bramatti, do Estadão, aqui.

 


VOLTAR PARA O ESTADÃO