16.08.2018 | 06h27

Temer pode barrar reajuste

Michel Temer estaria disposto a barrar o reajuste do Judiciário e do Ministério Público, cuja concessão foi aprovada respectivamente pelo STF e pelo Conselho Nacional do MP. De acordo com interlocutores do presidente ouvidos em reportagem do Estadão, ele não deve mandar ao Congresso o projeto de lei autorizando o aumento de mais de 16% dos salários dos ministros do STF, que teria efeito-cascata sobre o funcionalismo federal e também para Estados e municípios.


VOLTAR PARA O ESTADÃO