21.03.2018 | 09h46

Temer: novos ministros são do governo, não de quem sai

O presidente Michel Temer está irritado com a tentativa dos ministros que serão candidatos em outubro e estão de saída das pastas de deixar prepostos nos seus lugares. “Os ministros são do presidente, não de quem está saindo e muitas vezes estará até em projetos eleitorais diferentes”, diz um ministro palaciano ao BR18.

Os nomes poderão até ser indicados pelos demissionários, mas terão de passar pelo crivo do Planalto e ser afinados ao projeto eleitoral de Temer –que, hoje, é candidato à reeleição. /V.M.


Mais conteúdo sobre:

governo temerEleições 2018
VOLTAR PARA O ESTADÃO