21.04.2018 | 14h07

Temer não se esquece que PSB quis sua cabeça

Muito polido como de costume, Michel Temer recebeu hoje o governador de São Paulo, Márcio França, com toda a cortesia. E escutou o pedido para que o MDB forme aliança em São Paulo em torno de sua candidatura, rifando o pré-candidato Paulo Skaf.

Como resposta, Temer lembrou a França que seu partido, o PSB, votou em peso a favor das denúncias apresentadas no Congresso contra ele. Ou seja, tentou cortar sua cabeça. Temer não se esquece disso. E França saiu com as mãos abanando. /M.M.


Mais conteúdo sobre:

Michel TemerPSBmarcio frança
VOLTAR PARA O ESTADÃO