27.03.2018 | 14h59

Temer e a ‘centralização de poder’ em 1964

Em processo de aquecimento para a campanha eleitoral, o presidente Michel Temer disse ontem, em encontro com empresários e políticos na Federação do Comércio do Estado de S.Paulo, que o povo brasileiro se “regozijou” com o que chamou de “centralização absoluta do poder”, durante o regime militar instaurado em 1964.

“A ideia do povo era de que deveria haver uma concentração do poder, como houve nesse período todo”, afirmou Temer, de acordo com o jornal Folha de S.Paulo. “A última palavra que eu quero dizer, se pudermos todos pregar, vamos pregar otimismo no país. Nós estamos crescendo, nós estamos desenvolvendo. O Brasil voltou e vai ficar”, declarou ao encerrar o encontro. / J.F.


VOLTAR PARA O ESTADÃO