23.04.2018 | 19h15

Teimosia petista

O diretório nacional do PT decidiu que vai formalizar a candidatura de Lula e dar início à pré-campanha eleitoral mesmo com o petista preso. O partido vai indicar o ex-presidente em 28 de julho e tentará registrá-lo em 15 de agosto.

Falta combinar com o TSE: a Lei da Ficha Limpa barra a candidatura de Lula. Saindo do aspecto jurídico e entrando no drama político, ao insistir em levar adiante uma candidatura sem candidato o PT mostra que não tem mesmo plano B e está tão preso quanto seu principal líder.


VOLTAR PARA O ESTADÃO