25.07.2018 | 12h45

TCU ‘desarmou bombas’

Enquanto o Congresso cria gastos, o Tribunal de Contas da União endurece a interpretação da Lei de Responsabilidade Fiscal, desarmando algumas bombas, segundo Míriam Leitão. A colunista avalia, no jornal O Globo, que a atuação do TCU ajudará a “levar o país até o fim do ano sem maiores aumentos de despesas.” Depois disso, a jornalista afirma que a reforma da Previdência deve ser prioridade para o controle de gastos.


VOLTAR PARA O ESTADÃO